domingo, 6 de dezembro de 2009

OUTRA SAUDADE!

Minha Penélope,
Hoje senti muita saudade. A maior saudade sentida!
Meu peito doeu...

Enquanto a lua caminhava pelo céu com o seu véu prateado desejei tanto você comigo. O tempo já vem engolindo vorazmente nossos dias. E eu não vou aprender a viver sem ti. E mesmo sem saber se eu poderia pedir... pedi a Deus para viver mais dez vidas com você.
Meus olhos precisam te ver, minha boca quer seus beijos...
Por favor, deixe-me sofrer e não sinta-se culpada por isso! Hoje eu odeio Paris porque te amo!
Tentei escrever algo mais e não consegui.

Só fui pegando trechos de músicas que iam tocando no rádio AM ali no chão do quarto do velho hotel:

Eu não resisti a tanto amor
o meu coração se entregou
e venha o que vier eu vou estar
pra sempre com você!

Nunca esqueça que estou aqui
sempre a te esperar, pra te amar
me enlouqueça com seus carinhos
pra gente sonhar e amar.
Mesmo quando for embora, a saudade vai fazer você voltar
sei que o sei peito chora
querendo me amar
mas eu sei que nessa hora
as estrelas vão brilhar enfim
pois deixei o meu nome escrito no céu pra você lembrar de mim!


Com amor,

Julián Carax

Um comentário:

  1. Estou completamente sem palavras muito lindo!!Parabêns""

    ResponderExcluir